RESILIÊNCIA

RESILIÊNCIA

Seguidores

SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG. QUE ELE SEJA UM INSTRUMENTO A MAIS NA SUA APRENDIZAGEM, CONTRIBUINDO PARA A AQUISIÇÃO DE NOVOS CONHECIMENTOS.
PAZ DE JESUS EM SEU CORAÇÃO.
Se houver imagens ou textos postados aqui no blog sem as referências de origem solicito que me avisem e eu colocarei os seus devidos créditos. Obrigado pela visita e volte sempre. Desde já agradeço!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

SALA DE TECNOLOGIA - MEU CANTINHO

Atividade de matemática com os alunos do 6º ano A: múltiplos de um número natural com a utilização do Programa Tuxmatch e o Gcumpris.




domingo, 30 de abril de 2017

HOMENAGEM A VOCÊ TRABALHADOR (A) 1º DE MAIO

TRABALHAR COM ALEGRIA


Havia uma fazenda onde os trabalhadores viviam tristes e isolados uns dos outros. Eles estendiam suas roupas surradas no varal e alimentavam seus magros cães com o pouco que sobrava das refeições. Todos que viviam ali trabalhavam na roça do senhor João, dono de muitas terras, que exigia trabalho duro, pagando muito pouco por isso. 
Um dia, chegou ali um novo empregado, cujo apelido era Zé alegria. Era um jovem agricultor em busca de trabalho. Foi admitido e recebeu, como todos, uma velha casa onde iria morar enquanto trabalhasse ali. O jovem, vendo aquela casa suja e abandonada, resolveu dar-lhe vida nova. Cuidou da limpeza e, em suas horas vagas, lixou e pintou as paredes com cores alegres e brilhantes, além de plantar flores no jardim e nos vasos. 
Aquela casa limpa e arrumada destacava-se das demais e chamava a atenção de todos que por ali passavam. Ele sempre trabalhava alegre e feliz na fazenda, por isso tinha o apelido de Zé alegria. Os outros trabalhadores lhe perguntavam: como você consegue trabalhar feliz e sempre cantando com o pouco dinheiro que ganhamos? O jovem olhou para os amigos e disse: bem, este trabalho hoje é tudo que eu tenho. Ao invés de blasfemar e reclamar, prefiro agradecer por ele. Quando aceitei trabalhar aqui, sabia das condições. Não é justo que agora que estou aqui, fique reclamando. Farei com capricho e amor aquilo que aceitei fazer.

Os outros, que acreditavam ser vítimas das circunstâncias, abandonados pelo destino, o olhavam admirados e comentavam entre si: "como ele pode pensar assim?" O entusiasmo do rapaz, em pouco tempo, chamou a atenção do fazendeiro, que passou a observá-lo à distância. 
Um dia o sr. João pensou: "alguém que cuida com tanto carinho da casa que emprestei, cuidará com o mesmo capricho da minha fazenda." 

"Ele é o único aqui que pensa como eu. Estou velho e preciso de alguém que me ajude na administração da fazenda." 

Num final de tarde, foi até a casa do rapaz e, após tomar um café bem fresquinho, ofereceu ao jovem o cargo de administrador da fazenda. O rapaz aceitou prontamente. 
Seus amigos agricultores novamente foram lhe perguntar: 
"O que faz algumas pessoas serem bem sucedidas e outras não?"
A resposta do jovem veio logo: "em minhas andanças, meus amigos, eu aprendi muito e o principal é que: não somos vítimas do destino. Existe em nós a capacidade de realizar e dar vida nova a tudo que nos cerca. E isso depende de cada um."

Toda pessoa é capaz de efetuar mudanças significativas no mundo que a cerca. Mas, o que geralmente ocorre é que, ao invés de agir, jogamos a responsabilidade da nossa desdita sobre os ombros alheios. Sempre encontramos alguém a quem culpar pela nossa infelicidade, esquecidos de que ela só depende de nós mesmos. Para encobrir sua indolência, muitos jogam a culpa no governo, nos empresários, nos políticos, na sociedade como um todo, esquecidos de que quem elege os governantes são as pessoas; que quem gera empregos são os empresários, e que a sociedade é composta pelos cidadãos. Assim sendo, cada um tem a sua parcela de responsabilidade na formação da situação que nos rodeia. 
E para ser feliz, basta dar ao seu mundo um colorido especial, como o personagem desta história que, mesmo numa situação aparentemente deprimente para os demais, soube fazer do seu mundo uma realidade bem diferente. E conforme ele mesmo falou: existe em nós a capacidade de realizar e dar vida nova a tudo que nos cerca.

ttps://www.mensagenscomamor.

sábado, 28 de janeiro de 2017

A PAZ INTERIOR E O CORAÇÃO UNIDO A DEUS



Meu Pai,
agora que as vozes silenciaram
e os clamores se apagaram,
aqui ao pé da cama
minha alma se eleva a Ti, para dizer:
Creio em Ti, espero em Ti,
e amo-te com todas as minhas forças,
glória a Ti, Deus!
Deposito nas tuas mãos a fadiga e a luta,
as alegrias e desencantos
deste dia que ficou para trás.
Se os nervos me traíram,
se os impulsos egoístas me dominaram
se dei lugar ao rancor ou à tristeza,
perdão, Deus!
Tem piedade de mim.
Se fui infiel,
se pronunciei palavras em vão,
se me deixei levar pela impaciência,
se fui um espinho para alguém,
perdão Deus!
Nesta noite
não quero entregar-me ao sono
sem sentir na minha alma
a segurança da tua misericórdia,
a tua doce misericórdia
inteiramente gratuita.
Senhor! Eu te agradeço, meu Pai,
porque foste a sombra fresca
que me cobriu durante todo este dia.
Eu te agradeço porque,
invisível, carinhoso e envolvente,
cuidaste de mim como uma mãe,
em todas essas horas.
Senhor! Ao redor de mim
tudo já é silêncio e calma.
Envia o anjo da paz a esta casa.
Relaxa meus nervos,
sossega o meu espírito,
solta as minhas tensões,
inunda meu ser de silêncio e de serenidade.
Vela por mim, Pai querido,
enquanto eu me entrego confiante ao sono,
como uma criança
que dorme feliz em teus braços.
Em teu Nome, Senhor, descansarei tranquilo.
Amém.
Fonte: Aleteia

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

PROFESSOR: NINGUÉM QUER SER …

Publicado em 

Abaixo, o gráfico mostra um dos resultados do PISA que deveria alertar o país para que tomasse o rumo certo em política de formação de professores, enfatizando uma formação e valorização adequada dos professores. No entanto, no contexto das opções que o país está fazendo em matéria de política educacional, apelando para as teses dos reformadores empresariais, não é isso que devemos esperar.
profocde
O dado acima, zero preferência para ser professor por jovens de 15 anos (a pergunta era sobre o que eles queriam ser profissionalmente aos 30 anos), foi produzido pela OCDE. Ele será processado pelo governo com vistas a tomar medidas que agravarão este quadro, ou seja:
  1. acelerar a desprofissionalização, trazendo para a escola qualquer outro profissional que queira ser professor via “notório saber”.
  2. implantar formas de preparação do professor aligeiradas de curta duração, com vistas a ampliar rapidamente o quadro de “professores” disponíveis.
  3. gerar, pelas formas anteriores, uma grande quantidade de profissionais que exercem a profissão como “bico”.
  4. desqualificar a formação de professores implantando sistemas de aprendizagem on line que sejam “administrados” por professores improvisados como “tutores” nas salas de aula.
  5. generalizar sistemas de complementação salarial por bônus associados às notas de seus respectivos alunos, a título de “valorizar” o professor.
A fala é que o professor é chave para o sucesso do estudante. Também se diz que é necessário valorizar o professor, mas na linguagem dos reformadores, isso significa pagar bônus e não salários maiores para a categoria.
A fala do governo, centrada no professor como responsável pela qualidade do estudante, prepara sua “responsabilização”, ou seja, a “culpabilização” dos professores pelos resultados do PISA. E a exemplo do que já acontece com outros aspectos da vida social, a justificativa para o governo fazer reformas tem sido pintar “o caos” e em seguida, posar de “salvacionista”.
Fonte:https://avaliacaoeducacional.com/2016/12/07/professor-ninguem-quer-ser/

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

FELICIDADE É UM FRUTO QUE SE COLHE DA FELICIDADE QUE SE SEMEIA.


Cada espírito é um canal de bênçãos, em se mantendo ligado às Leis do Criador. Lembre-se: você pode espalhar compreensão e otimismo...
Contemple a fonte ao dissipar as formações de lama que se lhe atira à corrente. Não se detenha em pessimismo e azedume...
Qualquer tristeza manifestada impulsiona os tristes a ficarem mais tristes. Fraqueza à mostra enfraquece os fracos ainda mais...
Encoraje o próximo com o seu sorriso, entregando suas mágoas a Deus. Não se sabe de benefício algum que o desânimo tenha realizado...
Siga em frente, criando simpatia e amizade, esperança e cooperação. Felicidade é um fruto que se colhe da felicidade que se semeia.
Plante amor e paz e a vida lhe trará farta colheita de paz e amor...
Quando a provação lhe apareça, terá surgido o seu momento mais importante para comunicar fé e coragem aos companheiros.
Quando o sofrimento desponte na estrada de alguém, estará você obtendo o instante dourado de auxiliar.
Haja o que houver, distribua confiança e bom ânimo, porque a alegria é talvez a única dádiva que você é capaz de ofertar sem possuir...

André Luiz 
(Do livro “Buscas e Acharás” – Chico Xavier)

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

SOMOS PROFESSORES E COM MUITO ORGULHO.


Texto: Professor Gilberto Cantú
Se você conseguiu ler esta primeira frase agradeça a eles: seus professores.
Seja quem for, do mais humilde àquele que se acha o mais célebre dos viventes.
O SER professor, missão nobre, divina, mas que recebe pouco ou quase nenhum reconhecimento pelo exercício dessa missão.
O SER professor que precisa diariamente ouvir: vamos companheiro, não desista, insista, persista.
Vai para você um NÃO desanime.
Não desanime pela pilha de provas e trabalhos que levaste para corrigir em casa no final de semana. E chegar à conclusão: “nossa que desastre”, “não entenderam nada”.
Não desanime pelas aulas preparadas às meias noites ou madrugadas de todos os dias.
Não desanime por ser professor de carreira: corre dessa escola para outra. Do contrário, não completa a carga horária e o salário.
Não desanime pelo almoço apenas engolido, porque tens que ir ao próximo período ou à outra escola. Ah, o lanche da escola você está proibido de comer.
Não desanime porque o seu salário somente é aumentado com dolorosas greves. Ah, tem que repor depois. E somente você precisa repor uma greve.
Não desanime se os mandatários da educação, jornalistas, pais dos seus alunos, o dono do boteco, dizem que recebes bem, tem muitas regalias, duas férias por ano, e que deverias se aposentar quando trocar os livros pela bengala.
Não desanime por ficar até altas horas baixando vídeos ou músicas, montando slides, rabiscando atividades, criando jogos lúdicos para facilitar o entendimento do conteúdo pelo seu aluno.
Não desanime se tens que tirar dinheiro do próprio bolso para comprar ou preparar o material que a escola não tem.
Não desanime por trabalhar em hora extra nas festinhas da escola para arrecadar fundos para mantê-la, pois é necessário cortar gastos, a crise está forte, não tem mais dinheiro para investir na educação.
Não desanime pela viagem que não fizeste no final de semana porque não tem tempo ou o salário nem entrou na tua conta e já acabou.
Não desanime se vais trabalhar doente porque não quer deixar seus alunos sem aula naquele dia, pois o conteúdo era importante ou tinha prova.
Não desanime se perceber teu aluno se perdendo na bagunça, na indisciplina, na falta de interesse e mesmo tentando salvar aquele cidadão, parece uma batalha perdida.
Não desanime se seus problemas em casa são enormes, mas precisas deixa-los de lado, colocar um sorriso no rosto e entrar em sala de aula de bem com a vida, de bom humor.
Não desanime se sentir na fala ou no semblante de seu aluno, abusos, fome, violência, pobreza, dor, indiferença, desrespeito, problemas para mediar, além de ter que dar a sua aula.
Não desanime se o teu aluno não faz as atividades de sala, os trabalhos ou as tarefas e  ao entregar o boletim, te perguntarem porque ele ficou com essa média, como pode isso.
Não desanime porque não consegues dar a sua aula, pois precisa a todo o momento parar para pedir atenção, silêncio, estou explicando a matéria, façam a atividade.
Não desanime se vês mais os seus alunos do que sua própria família, parentes ou amigos, pois a sua jornada acabou na escola, mas o final de semana é o dia da faxina, do tanque, do ferro de passar roupa.
Não desanime se antes eras chamado de mestre, senhor (a) e hoje te chamam de “e aí tio (a), e aí tiozinho” ou que nem seja lembrado em seu próprio dia, porque o seu dia sempre é na “Semana do Saco Cheio”.
Enfim, não desanimem NOBRES colegas, vamos em frente companheiros, não desistam, insistam, persistam. E mesmo passando por tudo isso e muito mais, sejamos firmes, pois nossa missão é linda, nossos alunos e nosso país precisa de nós.
Sabemos, merecemos e devemos ser valorizados pelo nosso trabalho profissional, pois passam pela escola, por nossas mãos todos os cidadãos desta nossa Pátria Brasil.

Parabéns pelo nosso dia, pela nossa perseverança.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

UMA UNIÃO DE PRATA QUE VALE OURO!

O amor só é amor, se não se dobrar a obstáculos e não se curvar a vicissitudes… é uma marca eterna… que sofre tempestades sem nunca se abalar.
(William Shakespeare).
Completamos Bodas de Prata, 25 anos de casamento, uma união de prata que vale ouro. São anos e anos de amor, de companheirismo, de sentimentos sinceros e verdadeiros, de amizade e dedicação um ao outro e à família que juntos construímos, nossa maior riqueza. 
O amor que nos une tem sido a chave para todas as portas, até as mais difíceis de abrir. E olha que foram várias. E isso demonstra  quanto o amor e a força do nosso matrimônio são poderosos, resultado das bênçãos divinas que fomos recebendo a todo amanhecer de cada novo dia da nossa vida a dois e da nossa vida em família.
Nós tivemos sempre a fé em Deus, a esperança da vitória e a coragem de procura-la. Tivemos sempre a dignidade de partilharmos as nossas angústias, dores, incertezas e desesperos. Nos momentos bons e nos maus, nos fáceis e nos difíceis, no riso e na lágrima, soubemos nos manter unidos.
Nosso matrimônio conheceu momentos de alegria e felicidade, outros de luta e empenho, e sempre mantivemos o amor e a união que prometemos diante do altar de Nosso Senhor.
A nossa maior alegria são os frutos do nosso amor e da criação divina, nossos filhos. Juntos somos fortes, somos felizes, somos completos. Nossos filhos, Jean e Luana, nós os amamos acima de tudo! Agradecemos por fazerem a nossa existência completa, por trazerem sentido à nossa vida!
Agradecemos a Deus, por termos cruzado o caminho um do outro encontramos e compartilharmos a nossa vida. Nós Te agradecemos pela Tua infinita generosidade e misericórdia conosco!
Continue conosco, nos abençoando, nos protegendo e nos guiando pelos caminhos da fé, da sabedoria e do amor. E que nossa união seja sempre por Ti abençoada.